terça-feira, 30 de outubro de 2012

Frio

Tô na sala do chefe. Ele falando com o sogro ao telefone. Eu sentada na mesa ao lado digitando uma petição que ele dita (antes de atender a ligação).

Morrendo de frio. Garganta não passa mais nem água. Dor no corpo.
Com febre, certamente. Foda qdo se entende do corpo. Isso deve ser coisa da idade.

Sonhando com minha rede, o fofuxo (pasme!) e Dr. House.
Sonhando mais ainda com Davi bem quietinho vendo tv comigo.
Sonhando mais que mais ainda com mamãe me levando uma sopinha.(sonho impossível).

Uma hora e quinze minutos pra ir embora.

Wendy.

p.s. Crise de amidalite.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Urgências

E em um dia as coisas mudam tudo outra vez.

Fruto do meu querer acima das outras necessidades.
Fruto da minha ingenuidade inconsequente.

Mas começo a perceber coisas mais que urgentes:
- fazer algo que me tire da condiçãozinha medíocre de peninha por ser quem sou (e isso começa com uma especialização ano que vem, o que irá me deixar DE FATO apta a passar num concurso em minha área);
- voltar a fazer diário escrito. URGENTE.
- não desistir da academia. não desistir de ser feliz.
- ser uma boa mãe. aprender isso.

Começo também a sentir o peso cármico das minhas escolhas:
- Praticar meditação diariamente.

Eu não sou o que sou.
Tudo isso é ilusório e o meu ser é livre pra mudar quando algo me desagradar e desagradar o meu espírito:
- Praticar essa verdade.

Wendy.

p.s. Lendo Guerra dos Tronos. Apaixonada por Dany Targarien.
p.s.2. Ouvindo Gotye.