sexta-feira, 4 de junho de 2010

Comer Rezar Amar (I)

amor.jpg_2.jpg

" ... Além disso, tenho problemas de limites com os homens. Ou talvez não seja justo dizer isso. Para ter problemas com limites, é preciso primeiro ter limites, certo? Mas eu sou inteiramente tragada pela pessoa que amo. Sou como uma membrana permeável. Se eu amo você, eu lhe dou tudo que tenho. Dou-lhe o meu tempo, a minha dedicação, a minha bunda, o meu dinheiro, a minha família, o meu cachorro, o dinheiro do meu cachorro, o tempo do meu cachorro - tudo. Se eu amo você, carregarei para você toda a sua dor, assumirei por você todas as suas dívidas (em todos os sentidos da palavra), protegerei você da sua prórpia insegurança, projetarei em você todo tipo de qualidade que você na verdade nunca cultivou em si mesmo e comprarei presentes de Natal para sua família inteira. Eu lhe darei o sol e a chuva e, se não estiverem disponpiveis, dar-lhe-ei um vale de sol e um vale de chuva. Darei a você tudo isso e mais, até ficar tão exausta e debilitada que a única maneira que terei de recuperar minha energia será me apaixonar por outra pessoa."

(ELIZABETH GILBERT - COMER REZAR AMAR - pg. 98 - Ed. de Bolso).

As vezes.. eu me sinto muito parecida com ela... E entendo, porque a Pekena me disse que lembrou de mim ao ler o livro. Até eu lembro de mim em algumas fazes da minha vida, em algumas páginas desse livro.

Bom final de semana. =)

8 comentários:

  1. Sem dúvidas, preciso ler. É tão triste, que é engraçado. Amar demasiadamente também é o meu problema. Só que eu não sou tão boa assim. Eu me dou inteira, mas exijo o dobro. Meus caprichos PRECISAM ser atendidos ou... terceira guerra mundial.

    ResponderExcluir
  2. quanto a amar demasiadamente e ser correspondida é o parágrafo do livro que corresponde a isso. rsrs

    mas eu naum ia escrever tudo aki.

    =)

    ResponderExcluir
  3. Olá, Wendy,
    somente hoje vi seu coment no meu blog, hehehe
    Bom, respondendo-lhe, assisti aquela versao de Crime e castigo no youtube, o link da playlist é

    http://www.youtube.com/view_play_list?p=E750B5D9D5F9759C&search_query=Crime+and+Punishment&rclk=pti

    Sou carioca, e mesmo aqui no RJ nao consegui achar essa versao em dvd pra alugar. Nem na internet, procurei feito louca!!!!


    Devemos agradecer e muito a quem uploadou o video no Youtube, pois gracas a ele podemos ter acesso a essa obra-prima!

    Sem contar q no youtube as legendas sao em ingles, mas o audio é em russo, o que torna ainda mais interessante em termos de ambientacao!!!!

    Bjs,
    Carolina

    ResponderExcluir
  4. Como a "Meia borboleta" aí eu também sou do tipo que exijo retorno se não "terceira guerra mundial".
    Mas amar TANTO quanto está descrito nesse pedaço do livro aí, acho que não é nem saudável =T

    ResponderExcluir
  5. Ando louca para ler, e pelo trecho que citas, já sei que vai se parecer cmg tb.

    Como não gostar de alguém que me chama de "mulher maravilha" heim?

    ResponderExcluir
  6. Acho que to curiosa pra ler esse livro... desde o outro dia que vc comentou dele comigo no msn...hehe

    beijão e ótimoooooo fds

    =*

    ResponderExcluir
  7. Nossa! Quantas divagações de amor.
    Atualmente, amo e sou amado. Mas sempre lembro de como sofremos quando tudo sai dos eixos e o carrinho cai, desolado, e temos que levantá-lo, sozinhos, encontrando forças onde, as vezes, não há.

    ResponderExcluir
  8. nao conheço Caio F. Abreu, mas irei procurar!!

    ResponderExcluir

**O que dizer do que escrevi?**